Segunda, 24 de Janeiro de 2022
29°

Poucas nuvens

Barra Velha - SC

Dólar
R$ 5,49
Euro
R$ 6,22
Peso Arg.
R$ 0,05
Mundo USA-SAÚDE/Sex

TIPOS DE PENETRAÇÃO

Que mais prazer dão às mulheres

04/01/2022 às 18h39
Por: Rui Candeias Fonte: rc-redação-galileu
Compartilhe:
TIPOS DE PENETRAÇÃO

TIPOS DE PENETRAÇÃO

Que mais prazer dão às mulheres

rc-redação-galileu-03.01.22

USA-SAÚDE/Sex

 

Pesquisa nos Estados Unidos, investigou como 3 mil mulheres tornam o sexo mais prazeroso e batizou as quatro técnicas de penetração prediletas delas...

Segundo a maior pesquisa já feita sobre o tema, são 4 os tipos de estimulação e penetração que dão mais prazer às mulheres e que agora foram nomeados de: – “pesca”, “emparelhamento”, “balanço” e “rasando”, em tradução livre...

Pouco explorada pela literatura científica, a penetração vaginal bateu recorde nesta semana ao estampar as páginas da revista científica PLOS ONE no maior estudo já feito sobre técnicas que estimulam o ato. Segundo a pesquisa, que investigou como 3 mil norte-americanas tornam o sexo mais prazeroso, os tipos de estimulação que dão mais prazer às mulheres agora têm nome: “pesca”, “emparelhamento”, “balanço” e “rasando”, em tradução livre.

“Minha motivação é mostrar que não há base biológica em estereótipos”

É possível aprender a ser feliz, indica estudo Conduzido por Devon J. Hensel, professora no Departamento de Sociologia da Escola de Medicina da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, e Christiana von Hippel, líder da plataforma OMGYES, a investigação divulgada na última quarta-feira (14) partiu do princípio de que “uma mulher com acesso a um vocabulário mais amplo de estimulação pode aumentar seu prazer e melhorar sua comunicação sexual com parceiros” – ou com ela mesma.

Para descobrir como o público feminino torna a penetração vaginal mais prazerosa, as pesquisadoras ouviram 3.017 mulheres dos Estados Unidos que, em julho de 2018, preencheram um formulário virtual cuja principal pergunta era: "Qual descoberta você fez que realmente tornou a penetração vaginal mais prazerosa para você?". Os dados foram coletados por meio do painel online Ipsos Knowledge Panel, o maior e mais antigo dos EUA.

As voluntárias tinham entre 18 e 93 anos, e cerca de mil delas também forneceram mais detalhes sobre essas estratégias em entrevistas por videoconferência. “Pela primeira vez, temos dados científicos detalhados para compreender as diferentes maneiras pelas quais as mulheres sentem mais prazer com a penetração vaginal”, comemora, em nota, Hensel. Ela ressalta que, até agora, não havia nenhum estudo que apresentasse um vocabulário específico – e, ao mesmo tempo, acessível – acerca dessas práticas.

Dentro e fora do quarto

 “ANGLING”

Após avaliar os resultados, as pesquisadoras deram títulos inéditos às técnicas que provaram ser mais populares entre as norte-americanas. A principal delas recebeu o nome de “angulando/dobrando” (angling, em inglês) e foi registrada em 87,5% dos casos. Nela, as mulheres giram, elevam ou abaixam a pélvis ou o quadril durante a penetração, a fim de ajustar a região da vagina onde será encaixado o pênis ou algum brinquedo sexual – quase como numa tentativa de “pescar” o ângulo mais prazeroso.

“SHALLOWING”

O segundo lugar ficou com a shallowing (algo como "na superfície"), com 83,8% das respostas. Nesse caso, um gesto aparentemente banal foi o suficiente para “mudar o quão prazeroso é o sexo”, diz o estudo: um toque penetrativo "superficial" com a ponta do dedo, brinquedo sexual, pênis, língua ou lábios, na entrada da vagina. 

“ROCKING”

Em seguida, somando 76,4% dos votos, a prática batizada de “balanço” (rocking, em inglês) consiste em “balançar” a base de um pênis ou objeto sexual de forma que ele seja esfregado contra o clitóris constantemente durante a penetração – e dentro da vagina, ao invés de deixá-lo oscilando para dentro e para fora.

 “PAIRING”

Apontado por 69,7% das participantes como a técnica de estimulação vaginal mais eficiente, o “pairing” (emparelhamento, em tradução livre), por sua vez, funciona assim: enquanto a vagina está sendo penetrada, a própria mulher – ou o seu parceiro – se curva para estimular o clitóris com um dedo ou brinquedo sexual.

Segundo as autoras da análise, para além de construir um vocabulário do prazer sexual feminino, outro objetivo está por trás dos quatro títulos. “Ao dar nomes a essas técnicas predominantes e mostrar como elas podem ser eficazes, esperamos que as mulheres tenham autonomia para explorar o que gostam e defender o que desejam, dentro e fora do quarto", argumenta Hippel, em comunicado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sabor de Pecado
Sabor de Pecado
Sobre
Barra Velha - SC Atualizado às 19h09 - Fonte: ClimaTempo
29°
Poucas nuvens

Mín. 25° Máx. 32°

Ter 33°C 24°C
Qua 32°C 24°C
Qui 31°C 25°C
Sex 28°C 22°C
Sáb 27°C 20°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias