Segunda, 24 de Janeiro de 2022
28°

Poucas nuvens

Barra Velha - SC

Dólar
R$ 5,49
Euro
R$ 6,22
Peso Arg.
R$ 0,05
Brasil BRA-ONG’S/CPI

CPI DAS ONGS

Amazônia, denúncias de irregularidades

22/12/2021 às 18h34
Por: Rui Candeias Fonte: rc-b.leite-ro
Compartilhe:
CPI DAS ONGS

CPI DAS ONGS

Amazônia, denúncias de irregularidades

rc-b.leite-ro-22.12.21

BRA-ONG’S/CPI

 

Por que o Senado não quer instalar a CPI das ONGs na Amazônia

'O brasileiro tem que ter conhecimento da picaretagem que acontece', afirma Plínio Valério (PSDB-AM)

O Senado tem uma CPI pronta para investigar denúncias de irregularidades no funcionamento de ONGs na Amazônia. O pedido foi aprovado há três anos, mas, por força da letargia de Davi Alcolumbre (ex-presidente da Casa) e Rodrigo Pacheco (atual presidente), não saiu até hoje do papel. Nos últimos meses, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) tem se empenhado em tentar fazer a comissão avançar em 2022. Leia abaixo os principais trechos da conversa com a reportagem de Oeste.

O que falta para essa CPI começar?

Estamos no último estágio. Falta o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), mandar os líderes de bancada indicarem quem serão os membros pra participar da comissão. Enquanto ele não fizer isso, a CPI não pode ser instalada. Só se torna oficial quando é lido no plenário. Sei que teremos muita resistência, é certo que os senadores vão pedir pra deixar para o outro ano, por ser ano eleitoral.  Mesmo com toda essa demora, não penso em recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), pois não reconheço prerrogativa para isso. Até porque, normalmente ministros do STF são ligados às ONGs ou conhecem alguém que é ligado, o que não facilitaria o processo.

A quem interessa derrubar essa CPI antes que ela comece?

Há muitos interesses contrários à instalação dessa CPI. Alguns senadores não têm interesse nisso. ONGs são ligadas a gente poderosa, gente que tem contato internacional, brasileiros que entram nessa onda para ganhar dinheiro. Inclusive, há um conglomerado de televisão que não quer essa CPI. Eu fui procurado por uma jornalista estrangeira que me mandou a sinopse de uma série da Globoplay. Nela, ativistas ambientalistas criam uma CPI para investigar as ONGs. Isso tem o intuito de nos desqualificar. É a primeira vez que se vê um seriado que toca nesse assunto de CPI das ONGs. Veja como eles estão preocupados em desqualificar a investigação.

Por que o senhor decidiu lutar pela abertura dessa CPI? Há denúncias concretas?

Temos documentos que comprovam que a ONG Opção Verde é detentora de milhares de quilômetros no município de Coari, uma área rica em gás e petróleo. São vários registros em cartório de compras feitas ao logo dos últimos anos, que já totalizam a maior parte do município. Tudo foi registrado em nomes de laranjas brasileiros: uma delas é Maria Helena Lopes da Costa, mas o que chama atenção é que os diretores da organização são holandeses. Outra denúncia mira o Instituto Socioambiental (ISA), no alto do Rio Negro, próximo a São Gabriel da Cachoeira. Há dois anos, eles tinham um convênio com a Fundação Nacional do Índio (Funai). A ONG fazia o trabalho da Funai. Ou seja, o Estado abriu mão de sua soberania e delegou sua tarefa a terceiros. E o pior de tudo é que eles dominam essas áreas ricas. É proibido entrar nessas terras. Costumo dizer que onde não pode nada, pode tudo!

Como funciona a ‘indústria ambiental’ na Amazônia?

Normalmente, as ONGs captam recursos externos, às vezes públicos, isso varia…. Em tese, seria para desenvolver projetos sociais, mas isso só acontece em pequena escala — não justifica o alto valor arrecadado. A maior parte do dinheiro é gasta entre eles, com viagens, financiamento de pesquisas inúteis. O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rego está auditando alguns convênios e chegou à conclusão que cada ONG investigada gasta 85% do que arrecadam com a própria diretoria. Grande parte dos recursos captados não são convertidos em benefícios para a população.

O que o senhor acha desses países que se dizem tão preocupados com o desmatamento no Brasil?

Muitas ONGs pregam contra o nosso país, prestam um desserviço. Sem contar a hipocrisia de alguns países como a França, Noruega, Holanda e até mesmo Alemanha. Falam muita besteira, não sei se de fato desconhecem a realidade. Os grandes fundos internacionais financiam as grandes ONGs, que por sua vez financiam as ONGs médias — e são essas que atuam no Brasil repassando dinheiro para outras organizações que ficam com o dinheiro. Durante a pandemia, ninguém estava preocupado com a população amazonense que estava morrendo sem oxigênio. Na mesma época, o Greenpeace estava arrecadando dinheiro pra salvar as baleias? Eles não estão interessados no nosso bem, é muita hipocrisia. Em fevereiro, quando retomarmos os trabalhos no Senado, o brasileiro tem que ter conhecimento dessa picaretagem. Os brasileiros de outras regiões do país acreditam nessas ONGs, mas precisamos mostrar que são bandidos.

O fundo da Fundo da Amazônia também seria investigado nessa CPI?

As ONGs financiadas pelo Fundo da Amazônia são todas conhecidas, são as mesmas que levaram o dinheiro. Sem contar que há muita manipulação, esses países que doam se sentem donos da Amazônia. O presidente Jair Bolsonaro fez muito bem em não aceitar a ajuda do americano Joe Biden. Querem ajudar com migalhas. A Noruega mesmo deu R$ 2 bilhões, porém tem isenção de tributos no Pará de R$ 7,5 bilhões. Já chamamos uma vez os gestores do Fundo da Amazônia no Senado. Disseram ter ajudado 174 mil famílias num universo de 23 milhões. Isso não é nada!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Barra Velha - SC Atualizado às 19h49 - Fonte: ClimaTempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 25° Máx. 32°

Ter 33°C 24°C
Qua 32°C 24°C
Qui 31°C 25°C
Sex 28°C 22°C
Sáb 27°C 20°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias