Terça, 07 de Dezembro de 2021
25°

Poucas nuvens

Barra Velha - SC

Dólar
R$ 5,65
Euro
R$ 6,35
Peso Arg.
R$ 0,06
Mundo rc-m.c.coutinho-jn

COVID 19 NA EUROPA

UE enfrenta crises social e sanitária

24/11/2021 às 20h06
Por: Rui Candeias Fonte: EUR-COVID 19
Compartilhe:
COVID 19 NA EUROPA

COVID 19 NA EUROPA

UE enfrenta crises social e sanitária

rc-m.c.coutinho-jn @ jg-anp/afp-24.11.21

EUR-COVID 19

 

Confrontos nos Países Baixos continuam devido a protestos contra as medidas de combate à covid...

Mais 700 mil podem morrer de covid-19 na zona europeia. Apelos para aumentar vacinação não travam confrontos e resistência a medidas.

Uma Europa entre a hesitação vacinal, a dúvida sobre a sua obrigatoriedade, a força da variante delta e a vontade de protesto contra novas restrições, está a sentir a força da pandemia e a provocar uma crescente divisão social no continente. Mais 700 mil pessoas podem morrer de covid-19 na região europeia até à primavera, avisou a Organização Mundial de Saúde (OMS),e a razão parece clara: sem vacinação há mais casos; com mais casos há mais restrições; mais medidas causam novos protestos; novos protestos aumentam as dificuldades sociais para implementar decisões sanitárias; e mais problemas para conter os casos significam decisões mais radicais.

A situação no continente europeu agrava-se: a OMS estima que, até março de 2022, o número de óbitos no continente europeu ultrapassará os dois milhões. As projeções da organização sugerem que 25 países da região europeia que a organização do sistema das Nações Unidas avalia - composta por 53 Estados da Europa e da Ásia Central - correm o risco de registar falta de camas hospitalares e 49 terão, até março, uma situação de grande ou extrema sobrecarga dos serviços de cuidados intensivos.

Na semana passada, o número de mortes diárias duplicou, para as 4200, e o número de vítimas mortais desde o início da pandemia ultrapassou 1,5 milhões de pessoas, podendo este valor, se somarmos os 700 mil projetados, crescer para 2,2 milhões até março de 2022.

Von der Leyen elogia Portugal

Numa exortação para que todos sigam a ciência, a presidente da Comissão Europeia insistiu na importância da vacinação para superar a pandemia, dando o exemplo de Portugal para demonstrar a eficácia das vacinas.

Ursula von der Leyen sublinhou também as "enormes disparidades" na UE, com a taxa de vacinação da população adulta a variar entre os 29 e os 92%.

A rápida transmissão deve-se, segundo a OMS, também a outros fatores: o domínio da variante delta, o levantamento das restrições no verão, a descida das temperaturas e o consequente aumento de reuniões em espaços fechados.

Medidas e vacina obrigatórias

A Alemanha vive uma "situação dramática", segundo Angela Merkel, e debate a introdução de novas restrições. Nos Países Baixos, duas dezenas de manifestantes foram detidos em confrontos violentos contra as medidas governamentais. A Áustria entrou ontem em confinamento total, depois de obrigar toda a população a vacinar-se, uma decisão sem precedentes, mas que pode criar uma tendência pouco consensual.

Como os austríacos, a Eslováquia anunciou a introdução de restrições para as pessoas não vacinadas a Eslováquia e a República Checa já estão a banir os não vacinados de espaços públicos, medidas urgentes semelhantes às inicialmente decididas pela Áustria, que depois foram agravadas. Como notava ontem um analista no "The Guardian", os países que estão a combater surtos e taxas de vacinação baixas, "vão estar atentas à obrigatoriedade decidida pela Áustria, possivelmente como guia para os próximos tempos".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Barra Velha - SC Atualizado às 12h58 - Fonte: ClimaTempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 25°

Qua 26°C 17°C
Qui 26°C 16°C
Sex 28°C 17°C
Sáb 30°C 18°C
Dom 31°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias