Terça, 07 de Dezembro de 2021
25°

Poucas nuvens

Barra Velha - SC

Dólar
R$ 5,65
Euro
R$ 6,35
Peso Arg.
R$ 0,06
Brasil BRA-REPÚBLICA

BRASIL 15 DE NOVEMBRO

Já começou a dar errado em 1889

15/11/2021 às 15h46 Atualizada em 16/11/2021 às 19h27
Por: Rui Candeias Fonte: rc-g.kanner-ro
Compartilhe:
BRASIL 15 DE NOVEMBRO

BRASIL 15 DE NOVEMBRO

Já começou a dar errado em 1889 

rc-g.kanner-ro-15.11.21

BRA-REPÚBLICA

Marechal Deodoro da Fonseca...

A “Proclamação da República” foi a primeira ruptura institucional da nossa história.

A data de hoje é uma das datas mais importantes para entendermos a história do Brasil. Dia 15 de novembro de 1889 marcou o início da nossa república. Foi a data em que, pela primeira vez na história da formação do país, tivemos uma ruptura em nosso sistema político. Confesso que, durante a maior parte da minha vida, nunca havia parado para refletir o que significava a comemoração do 15 de novembro. Todos aprendemos na escola que a “Proclamação da República” foi um importante passo para modernizar o Brasil e trazer melhorias para a população. Todos crescemos com a visão de que a monarquia era algo antiquado, ultrapassado, e que não fazia mais sentido para o nosso país. É claro que todos os sistemas políticos têm falhas; pontos positivos e negativos. Mas, olhando para nossa história, acredito que a quantidade de mudanças de rota que tivemos durante o percurso foi um dos fatores que mais impactou nosso desenvolvimento como nação. E 15 de novembro representou nossa primeira ruptura, nosso primeiro golpe; nossa primeira mudança de rota na tentativa de construir um grande país.

Primeiro precisamos entender qual era a ideia que dava sustentação ao Brasil Império. O que era Brasil em sua concepção original? O que motivou a fundação da nossa nação? Antes de responder estas perguntas, é importante constatar que o processo de independência do Brasil não foi uma ruptura, mas sim a continuidade da sociedade que havia se instalado a partir do período colonial. Nossa independência foi algo único, diferente de qualquer outro país. Algo legitimamente “brasileiro”, construído por nós. Desde a vinda da coroa portuguesa para o Brasil em 1808, se iniciou um processo de transição que acabaria levando à Proclamação da Independência em 1822. Um importante passo neste sentido aconteceu em 1815, quando D. João VI decretou que o Brasil deixaria de ser colônia e passaria a fazer parte do reino de Portugal, passando a se chamar Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. O objetivo era justamente evitar uma ruptura revolucionária, como havia acontecido entre Estados Unidos e Inglaterra.

Quando D. Pedro finalmente proclamou a independência do Brasil em 1822, havia um simbolismo poderosíssimo acerca desta nova nação. A ideia era a construção de um império nos trópicos. O Império do Brasil já nascia com tamanho continental, ocupando uma posição de destaque na América do Sul e no mundo. Já nascia com um exército e uma marinha profissionais para garantir a soberania do país, diferente da milícia de fazendeiros que existia no início dos Estados Unidos. Havia a tentativa de construir um império forte e soberano, mas com ampla liberdade interna. A ideia era preservar as tradições, os conceitos e os valores cristãos oriundos de Portugal, e ao mesmo tempo absorver as novas ideias liberais que surgiram na Inglaterra a partir do século XVII.

É muito difícil determinar qual é o sistema político ideal. Todos têm falhas. Todos têm pontos positivos e negativos (não estou considerando o comunismo nesta discussão; seria difícil encontrar algum ponto positivo). É claro que há inúmeras críticas que podem ser feitas à gestão do Brasil Império. Contudo, acredito que o principal fator de desestabilização ao longo da história do Brasil foi a quantidade de vezes que tivemos que recomeçar do zero. Todo o processo de formação do Brasil, até 1889, havia acontecido sem nenhuma grande ruptura. Já a república foi instaurada através de um golpe institucional organizado por uma parcela do exército insatisfeita com a monarquia, sem nenhuma participação da população. Novas oligarquias se instalaram no poder e deram início a um novo Brasil. Após essa data, passamos por subsequentes mudanças de rota. Era Vargas, regime militar, redemocratização. Para deixar claro, não estou necessariamente defendendo a monarquia. Estou dizendo que se tivéssemos 200 anos de estabilidade política, desde a fundação do Brasil, é provável que estaríamos hoje em condições melhores. Basta olhar para os EUA, que têm a mesma Constituição desde 1787.

A sensação que fica é que nunca conseguimos encontrar nosso eixo novamente. Nunca conseguimos entender quem somos, ou quem deveríamos ser. Mudamos nosso sistema político, mudamos nossos heróis, mudamos nossa bandeira, mudamos nossa capital. Estamos, até hoje, tentando encontrar algo que ficou pelo caminho. E foi no dia 15 de novembro de 1889 que começamos a perder nossa identidade como nação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Barra Velha - SC Atualizado às 12h18 - Fonte: ClimaTempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 25°

Qua 26°C 17°C
Qui 26°C 16°C
Sex 28°C 17°C
Sáb 30°C 18°C
Dom 31°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias