Terça, 21 de Setembro de 2021
15°

Pancada de chuva

Barra Velha - SC

Dólar
R$ 5,33
Euro
R$ 6,25
Peso Arg.
R$ 0,05
Brasil BRA-COVID 19

CONSÓRCIO NORDESTE

SUSPEITAS SOBRE EX-MINISTROS DO PT

28/07/2021 às 19h23 Atualizada em 28/07/2021 às 19h37
Por: Rui Candeias Fonte: rc-i.bianchi-tl
Compartilhe:
CONSÓRCIO NORDESTE

CONSÓRCIO NORDESTE

EMPRESÁRIA LEVANTA SUSPEITAS SOBRE EX-MINISTROS DO PT

rc-i.bianchi-tl-28.07.21

BRA-COVID 19

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 já coletou até o momento mais de 280 mil páginas de cópias de inquéritos enviados pela Polícia Federal (PF) recolhidas através de várias operações e investigações. Em um dos depoimentos, a empresária Cristiana Prestes Taddeo levantou suspeitas sobre ex-ministros do governo Dilma Roussef (PT), no âmbito de compras feitas pelo Consórcio Nordeste durante a pandemia. A informação é da Revista Veja.

Segundo a reportagem, o caso é um dos mais escandalosos e envolve uma série de irregularidades. Agora, está nas mãos dos senadores que cuidam da CPI da Covid no Congresso Nacional. Os ex-ministros envolvidos seriam Edinho Silva, prefeito de Araraquara (SP), e Carlos Gabas, atual secretário-executivo do Consórcio Nordeste.

A trama teria sido armada junto à Hempcare Pharma, da empresária Cristiana Prestes Taddeo, que em depoimento aos investigadores, entregou os nomes dos ex-ministros. A empresa é especializada em produtos feitos à base de maconha. Na época, ela recebeu uma ligação de Gabas, então secretário-executivo do Consórcio Nordeste, para compra de respiradores.

No telefonema, Gabas se colocou como “irmão de alma” de Edinho Silva e disse que a cidade de Araraquara estava precisando de 30 respiradores, mas o prefeito não tinha condições de comprá-los. A situação levou a empresária a fazer uma doação, segundo depoimento.

Para o Ministério Público (MP), a doação seria, na verdade, propina de R$1,5 milhão, visando o fechamento do negócio, e seria arcada com valores recebidos do Consórcio do Nordeste.

A entrega dos equipamentos seria feita em parceria com uma empresa chinesa. Contudo, de acordo com informações do governo chinês, a empresa opera no setor de construção civil e não na fabricação de respiradores.

Para os investigadores, a Hempcare Pharma montou um esquema de negociação baseado em fraudes para desviar recursos públicos. Cristiana Prestes chegou a ser presa e teve seus bens bloqueados pela Justiça. 

O caso já foi parar no Superior Tribunal de Justiça (STJ), após recair sobre Rui Costa (PT), governador da Bahia, que prestou depoimento à Polícia Federal na condição de “potencial investigado”.

A Polícia Civil da Bahia acredita que a Hempcare construiu uma rede criminosa que atua de forma estruturada, com apoio de lobistas para venda e compra de respiradores.

Os valores são altos e a CPI até chegou a blindar Carlos Gabas, que teve requerimento para depor proposto pelo senador Eduardo Girão (Pode-CE).

O analista Italo Lorenzon comentou o caso durante participação no Boletim da Manhã desta quarta-feira (28).

“Uma empresa de maconha diz que vai comprar respiradores de uma empresa chinesa. Paga-se 48 milhões nessa história toda, não se recebe um só aspirador, obviamente. E o Carlos Gabas ainda não foi convocado ainda para a CPI”, afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Barra Velha - SC Atualizado às 04h16 - Fonte: ClimaTempo
15°
Pancada de chuva

Mín. 15° Máx. 22°

Qua 20°C 13°C
Qui 20°C 14°C
Sex 22°C 16°C
Sáb 22°C 16°C
Dom 26°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias