Quinta, 17 de Junho de 2021 21:37
Brasil BRA-PANDEMIA

ADOTADAS MEDIDAS SEM NEXO

IMPOSTAS MEDIDAS SEM BASE RACIONAL, NA PANDEMIA

21/05/2021 18h53
17.468
Por: Rui Candeias Fonte: rc-b.galgane-tl
ADOTADAS MEDIDAS SEM NEXO

ADOTADAS MEDIDAS SEM NEXO

IMPOSTAS MEDIDAS SEM BASE RACIONAL NA PANDEMIA 

rc-b.galgane-tl-21.05.21

BRA-PANDEMIA

O médico Ricardo Montes, durante entrevista ao Terça Livre nesta quinta-feira (20), apontou que diversas medidas foram adotadas durante a pandemia, mas sem um pensamento racional. Na entrevista, o doutor também analisou a perda do racionalismo científico.

“A primeira vez que conversei com o Terça Livre eu comentei que ainda faltavam substratos científicos para defender esse lockdown, que se chamava isolamento horizontal universal irrestrito até o ano passado, mas parou de se chamar, porque perceberam que o termo não era adequado para quem defendia o lockdown”, pontuou o médico.

“Naquele momento eu já destacava, exatamente com um pensamento científico, claro, cético, que não havia substratos científicos para se defender isso naquele momento. Isso não quer dizer que eu estava apostando que não funciona ou que estava apostando que funciona. Só estava dizendo que não havia um substrato”, completou. 

Ricardo Montes disse ainda que debateu com diversos especialistas – ligados à esquerda – nos últimos meses, e todos defendiam irrestritamente o lockdown e ainda eram contra o tratamento precoce. Segundo o doutor, no entanto, esses especialistas não levavam em conta o racionalismo científico.

“Nós temos uma série de substratos científicos que são difíceis de serem sustentados nessa situação. Um deles é muito importante, é o NNT, que se usa para uma série de remédios e modificações, que seria o número necessário para tratar. Por exemplo, se eu der um remédio para infarto, que é um remédio novo, quanto menor o NNT, melhor o remédio. Se eu preciso dar o remédio para 10 pessoas para salvar uma vida, ele é um remédio muito bom. Agora, se é preciso dar o remédio para 1 milhão de pessoas para salvar uma vida, esse remédio já não é tão bom. Se ele for muito caro e tiver muito efeito colateral, pode ser que não valha a pena fazer esse remédio. E ninguém ainda respondeu qual é o NNT do isolamento irrestrito”, analisou o médico.

E completou: “ quer dizer que se você prende 100 milhões de pessoas em casa, se temos 2 mil infectados naquele dia, e desses, 90% sabiam que estavam infectados e já ficariam em casa, então quer dizer que estamos prendendo 100 milhões de pessoas em casa para impedir que 200 pessoas não saiam. Será que alguém já parou para pensar nesse número? Será que isso vale a pena? ”

“Eu acredito que a racionalidade foi jogada fora e as pessoas ficam repetindo termos como se fossem zumbis, isso serve para todos. O próprio termo ‘vacinas para todos’, eu sou uma pessoa fascinada por vacinas. Mas as vacinas valem a pena quando são seguras e eficazes, se elas não são seguras e eficazes, talvez não valham a pena. Por isso eu falo: vacina para todos? Sim, desde que sejam seguras e eficazes”, finalizou o Dr. Ricardo Montes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barra Velha - SC
Atualizado às 21h33 - Fonte: Climatempo
11°
Pancada de chuva

Mín. 11° Máx. 16°

11° Sensação
7.2 km/h Vento
84.5% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 16°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (19/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 17°

Chuva e trovoadas
Ele1 - Criar site de notícias