Quinta, 17 de Junho de 2021 21:36
Mundo CHN-JORNALISMO

CHINA PACTUOU COM JORNALISTAS

FIJ DENUNCIOU REDE DE NOTÍCIAS FAVORÁVEIS A PEQUIM

18/05/2021 18h13 Atualizada há 4 semanas
11.564
Por: Rui Candeias Fonte: rc-b.galgane-tl
CHINA PACTUOU COM JORNALISTAS

CHINA PACTUOU COM JORNALISTAS

FIJ DENUNCIOU REDE DE NOTÍCIAS FAVORÁVEIS A PEQUIM

rc-b.galgane-tl-18.05.21

CHN-JORNALISMO

A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), a maior organização de jornalistas do planeta, publicou na última quinta-feira (13) um relatório acusando a China de construir uma rede de jornalistas em veículos espalhados pelo mundo para elogiar Pequim.

Conforme informações divulgas pelo relatório, o Partido Comunista da China (PCCh) está construindo uma série de acordos com veículos e jornalistas ao redor do mundo, de tradução à publicidade. Essa relação teria influenciado a cobertura sobre a Covid-19.

O relatório aponta, ainda, que, graças à pressão do PCCh, durante um período em que a pandemia prejudicou a imagem de Pequim globalmente, a cobertura sobre a China na imprensa internacional foi mais positiva em 2020.

Parte desse resultado ocorreu devido ao fato da China estar mais fechada para a cobertura internacional, dificultando a entrada de jornalistas estrangeiros no país e aumentando, portanto, a dependência da imprensa internacional do “noticiário” estatal.

O documento também reconhece que países que recebem vacinas chinesas para a Covid-19 têm uma cobertura jornalística mais favorável a Pequim do que países que não recebem.

O país comunista, segundo o relatório, também estaria explorando a imprensa com ofertas personalizadas de acesso à informação e recursos. Ele estaria exportando a propaganda política para veículos de imprensa por meio de acordos de compartilhamento de conteúdo e contratos com veículos estatais, como Xinhua e China Daily.

Nesse sentido, o vírus chinês agiu como um catalisador. O país comunista utilizou seus canais de disseminação de mídia, alimentando veículos estrangeiros com contratos locais e internacionais na língua local, com o objetivo de disseminar notícias positivas sobre sua gerência da pandemia.

O jornal New York Times chegou a noticiar que, em alguns países, os jornalistas estão sendo forçados a publicar os mesmos discursos oficiais de Xi Jinping, já traduzidos. Alguns são demitidos por contrariar o discurso. Diplomatas do Partido Comunista também ameaçam jornalistas estrangeiros que publicam críticas a Pequim.

A Federação Internacional de Jornalistas também publicou em 2020 um outro relatório no qual denunciou o aumento da influência do país comunista na cobertura da imprensa internacional.

E em 2019, a entidade francesa Repórteres Sem Fronteiras também publicou um relatório de 52 páginas com as mesmas denúncias sobre o PCCh. Em 2020, a Freedom House também lançou um extenso relatório apontando a crescente influência chinesa na imprensa internacional.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barra Velha - SC
Atualizado às 21h33 - Fonte: Climatempo
11°
Pancada de chuva

Mín. 11° Máx. 16°

11° Sensação
7.2 km/h Vento
84.5% Umidade do ar
67% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 16°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (19/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 17°

Chuva e trovoadas
Ele1 - Criar site de notícias