Sábado, 06 de Junho de 2020 05:33
Brasil GOV–REUNIÃO VIRTUAL

EM ENCONTRO VIRTUAL BOLSONARO E GOVERNADORES OMITIRAM ISOLAMENTO

EM TOM DE CORDIALIDADE DISCUTIRAM O IMPACTO ECONÔMICO DA CRISE DE SAÚDE

21/05/2020 19h54
308
Por: Rui Candeias Fonte: rc – nm - marcos corrêa © presidência da república
EM ENCONTRO VIRTUAL BOLSONARO E GOVERNADORES OMITIRAM ISOLAMENTO

 

EM ENCONTRO VIRTUAL BOLSONARO E GOVERNADORES OMITIRAM ISOLAMENTO

EM TOM DE CORDIALIDADE DISCUTIRAM O IMPACTO ECONÔMICO DA CRISE DE SAÚDE

rc – nm - marcos corrêa © presidência da república – 21.05.20

BRA/GOV–REUNIÃO VIRTUAL

Principais pontos de divergência entre o presidente Jair Bolsonaro e os governadores, as discussões sobre medidas de isolamento social e a retomada das atividades econômicas durante a pandemia do novo coronavírus ficaram de fora da reunião entre eles na manhã desta quinta-feira, 21.

Com a participação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o encontro virtual teve tom de cordialidade para discutir o impacto econômico da crise de saúde, mas pouco se falou dos mortos pela covid-19 e da curva de contaminação.

Também não houve espaço para cobranças ao governo federal sobre a entrega de testes, respiradores e kits de equipamento pessoal.

Ao deixar os temas espinhosos de lado na reunião, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o último a falar, pediu paz a Bolsonaro. No último encontro virtual, em março, os dois protagonizaram um bate-boca. A hostilidade seguiu nas redes sociais. E, na semana passada, Bolsonaro pediu para empresários "jogarem pesado" contra o governador paulista pelo fim do isolamento social.

 "Vamos em paz, presidente, vamos pelo Brasil e vamos juntos, que é o melhor caminho, que é a melhor forma de vencer a pandemia", disse Doria. Bolsonaro respondeu secamente: "Senhor João Doria, obrigado pela palavras e parabéns pela posição de Vossa Excelência."

A postura de Doria atendeu a um pedido dos demais governadores para que fosse mais comedido. O temor de parte dos chefes dos executivos estaduais era serem atraídos para uma disputa política polarizada entre Bolsonaro e Doria.

No encontro desta manhã, os governadores concentraram seus pedidos na sanção e liberação imediata de recursos do projeto do socorro aos Estados e municípios.

Bolsonaro pediu apoio aos chefes dos Estados para o veto ao trecho do texto que permite o aumento de servidores até 2021. O presidente prometeu sancionar o projeto - com os vetos - ainda nesta quinta-feira.

Maia e Alcolumbre falaram de união e do esforço do Legislativo para aprovar o projeto que destina R$ 60 bilhões aos Estados e municípios "Este é um momento histórico na reconstrução do País. Não há divisão entre Executivo, Legislativo e Judiciário. Todos os poderes estão assumindo responsabilidades", disse o presidente do Senado.

Dos quatro governadores que falaram no encontro, Renato Casagrande (PSB), do Espírito Santo, foi o único a citar que não apenas recursos, mas medidas como o isolamento social também são importantes para o combate ao coronavírus. "Vivemos uma crise econômica, social, na área de saúde. E a gente sabe que não é só momento de saúde que salva vida, disse.

Casagrande cobrou do presidente que o governo federal assuma a coordenação central no combate à crise. "Já estamos vivendo três crises. Não precisamos de uma crise política", disse o governador do Espírito Santo.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barra Velha - SC
Atualizado às 05h33 - Fonte: Climatempo
17°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 23°

17° Sensação
14.9 km/h Vento
95.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Segunda (08/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 26°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
código HTML GestãoClick - Sistema ERP Online
Ele1 - Criar site de notícias